Bio-Oil Portugal

Este site utiliza a tecnologia mais recente de modo a proporcionar-lhe uma experiência simples e funcional de utilização.
Para visualizar, por favor, instale um browser mais recente:
Google Chrome, Mozilla Firefox o Microsoft Edge

DATA: 21.12.2017

Sinais e causas do envelhecimento da pele

 AÇÃO:

A pele muda naturalmente graças ao processo de envelhecimento fisiológico do corpo humano ao longo do tempo. Com o passar do tempo, a pele conta-nos sua história, dizendo se foi protegida, nutrida e mimada.

Existem vários fatores que podem acelerar o envelhecimento da pele. Basta apenas pensar em exposição solar ou expressões faciais, que podem favorecer o aparecimento de sinais de envelhecimento antes dos 30 anos.

À medida que envelhecemos, nossa pele fica coberta com sinais específicos: de rugas a manchas de pigmentação, a pele perde firmeza no rosto, pescoço e peito, sem esquecer as olheiras, inchaço e relaxamento palpebral.

Todas essas marcas na pele representam sinais mais ou menos profundos de um processo de alteração da sua estrutura.

Conheçamos, portanto, esses sinais e suas causas.

Sinais de envelhecimento cutâneo

O envelhecimento da pele é caracterizado por vários sinais que indicam uma perda de estabilidade estrutural da pele ou danos nela.

As rugas são um dos sinais mais evidentes de envelhecimento, que aparecem como sulcos lineares de profundidade variável na pele e distinguem-se em:

  • rugas gravitacionais, devido à maior laxidão dos tecidos da pele que não são mais capazes de suportar a gravidade;
  • rugas actínicas, são os sinais de fotoenvelhecimento que determinam atrofia da pele e degradação das fibras elásticas após a exposição ao dano dos raios UVA e UVB;
  • rugas de expressão, a consequência de expressões faciais repetidas ao longo do tempo.

As manchas de hiperpigmentação são devidas a alterações na produção e transporte da melanina na pele, mesmo após a exposição aos raios UV. São formadas pela agregação de melanina, que gera manchas na pele.

Outros sinais como o relaxamento cutâneo das várias partes da face, bem como olheiras e papos, devem-se a mudanças na estrutura decorrentes de alterações hormonais e estruturais, ligadas, em especial, ao crono-envelhecimento.

Fatores que favorecem o envelhecimento da pele

O envelhecimento da pele é um processo natural ligado ao tempo que envolve todo o corpo humano e, portanto, também a pele, por isso chamado crono-envelhecimento. No entanto, existem fatores intrínsecos e extrínsecos que podem acelerá-lo. Especificamente, podemos identificar:

Fatores Intrínsecos:

  • Mecânicos: mimetismo facial;
  • Patológicos: insuficiência renal, diabetes e outros problemas que aceleram o envelhecimento;
  • Predisposição genética;
  • Hormonais: alteração dos níveis hormonais pré e pós-menopausa.

Fatores extrínsecos:

  • Ambientais: exposição solar, fotoenvelhecimento, em especial dos raios UVA e, portanto, também de lâmpadas de bronzeamento, poluição, frio e altitude;
  • Hábitos de vida:exposição repetida ao stress, falta de rotinas de sono, tabagismo, etc .;
  • Nutricionais: dieta desequilibrada, carência em frutas, vegetais, e outros alimentos ricos em nutrientes com alta afinidade pela pele, ques participam nas funções vitais de sua complexa rede celular. Exemplos são as vitaminas A, C, E e Biotina, e os minerais como o selénio, cobre, zinco, magnésio, de ácidos gordos essenciais (ácido linoléico e ácido gama-linolênico).

Sinais e fatores que levam a mudanças profundas na pele

Todos estes sinais são evidências de alterações anatomofuncionais mais ou menos profundas da pele que podem envolver todas as suas camadas, desde a derme até a epiderme.

Em toda a sua estrutura, a pele sofre de modificações importantes que vão desde a redução do volume à diminuição da renovação celular, que levam a uma menor eficiência dos processos que regulam a hidratação e a nutrição.

Assim, alterações importantes dos mecanismos de comunicação e reparação celular ativam processos metabólicos para gerar uma forte redução da síntese de colágenio e da atividade dos fibroblastos até a diminuição da circulação na derme.

Tudo isso é combinado com uma diminuição fisiológica das defesas imunológicas relacionadas com a idade e as conhecidas alterações hormonais que são uma das principais causas da depleção das bolsas de gordura na hipoderme.

Na prática, diminui-se a acumulação de adipócitos na hipoderme, que sustentava e conferia estrutura ao tecido da pele e que, por sua vez, antes da menopausa, era determinado pelas hormonas. Este processo favorece uma maior laxidão e flacidez dos tecidos nas áreas mais sujeitas à gravidade: não só na face (bochechas e por baixo), mas também dentro do braço e pernas.

Conhecer os sinais, causas e mecanismos que favorecem o envelhecimento da pele é útil não só para nos ajudar a entender que o estilo de vida e a alimentação saudável são essenciais para o envelhecimento, mas também para encontrar o cosmético que melhor responde às necessidades do envelhecimento da nossa pele. Hidratantes, nutrientes, calmantes, antioxidantes, protetores solares… os diferentes ingredientes sustentam a nossa pele e ajudam-na a envelhecer de forma saudável!

Ajude a sua pele a contar uma boa história!

 PARTILHAR:
clicca qui
prodotto novità

Uma nova fórmula
para cuidar
da pele seca.

Gire o dispositivo para visualizar melhor o site